Loading...

Quer viajar com o seu pet? Fique atento!

19/nov/19 Quer viajar com o seu pet? Fique atento!

Quer viajar com o seu pet? Fique atento!

As férias de verão estão chegando! Um momento animador para você, sua família, amigos… e por que não para o seu pet? Ficar em casa com saudades do dono não é mais a única opção!

Apesar da ótima funcionalidade dos hotéis para animais e das “petsitters” – babás para o seu animalzinho – o motorista pode levar o seu pet para passeios e viagens, seguindo dicas de segurança e bem-estar para o seu animalzinho. Mas lembre-se: não estresse o seu cão ou gato caso ele tenha medo ou alguma condição especial de saúde.

  • Use uma caixa de transporte

Ainda que observemos muitos animais soltos nos bancos, tanto em filmes quanto no cotidiano real, o CTB (Código de Trânsito Brasileiro) não permite. O seu pet necessita de uma caixa de transporte adequada para o tamanho dele, rígida e segura, e que fique presa com o cinto de segurança em caso de buracos, desníveis e curvas fechadas. Existem também cintos adaptados e cadeiras especiais para pets. Portanto, não tem desculpa: não é permitido transportar animais na caçamba de uma caminhonete nem entre as pernas, há outras opções mais seguras e que não infringem as leis!

E por falar em cintos: cinto de segurança sempre, e jamais preso a uma coleira, pois pode ferir o seu companheiro.

  • Acostume o seu pet

Para tornar a sua viagem o menos estressante para você e para o animal, o ideal é acostumá-lo desde cedo a curtos passeios no veículo, que aumentam gradativamente de duração para que ele internalize o ato de andar de carro e não passe mal na viagem.

  • Separe as documentações de vacinação

Ande com o documento de vacinação do seu pet – em dia, de preferência – pois a ficha de vacinação não só auxilia em caso de emergência veterinária, como prova que você possui o registro do animal. Saúde é fundamental, então não esqueça de manter vermífugos e tratamento contra pulgas também em dia.

  • Faça pausas e dê atenção

Pets mais agitados e hiperativos podem ficar entediados e até deprimidos se presos por muito tempo dentro da caixa. Por isso, é ideal que a viagem não seja feita de uma vez só, sem paradas. Quando possível e necessário, encoste o carro para que o seu pet se estique, passeie, receba carinho e faça as suas necessidades. Dentro do veículo, deixe brinquedos e distrações junto a ele.

  • Cuidado com a alimentação

Esta dica vale para duas situações diferentes. Tome cuidado com o que o seu pet consome durante a viagem, e não o alimente muito antes da viagem. Enjoos podem acontecer não só em humanos!

Anotou? Planeje a sua viagem com tudo isso em mente, assim, você proporciona um tempo agradável junto ao seu grande amigo! Vai ser inesquecível e ninguém vai ficar de fora. 😺🐶🐹