Loading...

Fique por dentro: seu carro pode estar acumulando bactérias e doenças

11/mar/20 Fique por dentro: seu carro pode estar acumulando bactérias e doenças

Fique por dentro: seu carro pode estar acumulando bactérias e doenças

Você sabia que o volante do seu automóvel é quatro vezes mais sujo do que um assento de um banheiro público?

Um estudo internacional, realizado pelo Car Rentals, trouxe não só a quantificação em CFU (quantidade média de bactérias por centímetro quadrado) das superfícies de um carro, mas também dados alarmantes, como o alto índice de bactérias nas maçanetas das portas e como mais de 30% da população só higieniza o seu veículo de ano em ano.

Numa época de alto risco de contaminações bacterianas e virais que são majoritariamente espalhados por meio de tosses e espirros, como o coronavírus (COVID-19) com seu segundo caso confirmado no Brasil – , é importante criar um hábito de manter o seu veículo limpo e minimizar o contato com agentes nocivos à sua saúde. Por exemplo, por mais que você lave as superfícies externas, existem locais em que as bactérias podem se instalar, como os cintos de segurança.

Por isso, lembre-se destas dicas de higienização:

– Utilize álcool 70% no volante, câmbio e puxadores;

– Para os cintos, um sabão neutro ou desinfetante deve bastar, e para os painéis, não use álcool, mas sim detergente neutro com um pano úmido;

– Limpe as chaves do seu veículo;

– Lave os tapetes do seu carro. Se possível, substitua-os de vez em quando.

Por fim, previna-se: lave as mãos com frequência, cubra a boca e nariz com os cotovelos ao espirrar – e não com as mãos – e permita que o ar circule no seu ambiente, seja dentro ou fora do veículo.

Caso apresente algum sintoma de gripe ou resfriado após viajar ou ter contato com pessoas que aparentam os sintomas, procure um médico ou um atendimento hospitalar.

Cuide da saúde, dos ambientes em que você frequenta e do seu meio de transporte pessoal.