Loading...

A pintura do carro merece atenção

15/out/19 A pintura do carro merece atenção

A pintura do carro merece atenção

Dentre todas as partes e características de um veículo, a lataria é uma das primeiras a sentir os impactos do uso. A pintura pode desbotar ou variar de cor com o tempo, com a má preservação, ações mecânicas como um esbarrão aqui, um arranhão ali…e sobra parcela de “culpa” até para o clima e os animais!

Mas, apesar da inevitabilidade dessas marcas temporais na pintura, existem formas de minimizar o desgaste da tinta e até evitar desbotamentos e riscos mecânicos sobre a cor. Aqui, vamos falar um pouco sobre dicas de preservação.

  • Lavar o carro com frequência

Apesar da tarefa trabalhosa, é importante manter a lavagem adequada do veículo. Use produtos com pH baixo (em torno de 5,5) e neutros. Use baixa pressão da água na hora de lavar, ao contrário do que diz o mito: o jato forte pode prejudicar a pintura.

  • Escolhendo e aplicando a cera

Invista em boas ceras, sejam elas sintéticas ou naturais, evitando as mais baratas pela baixa duração e pouca eficiência. Além de proteger, a cera ajuda no brilho e valorização da cor. Encere sem exageros, pois o atrito frequente e desnecessário tanto da aplicação da cera quanto do polimento (que muitas vezes acompanha o processo) deixam marcas.

  • E por falar em brilho… cuidado com o sol!

Isso vale não só para a pele, o sol em excesso também prejudica a camada mais superficial do seu carro. Hoje, a maior parte das pinturas protegem o automóvel contra raios UVA e UVB, mas a exposição prolongada ainda pode afetar a tinta, ainda mais se o carro não estiver limpo.

  • E as manobras?

Está aí o maior fator de risco para a tintura do seu carro. Não tenha vergonha de utilizar auxiliadores na hora de manobrar, como a câmera de ré, os sensores e os retrovisores adequadamente localizados. Não esqueça de treinar sempre que possível, hein?

  • Viagens e seus riscos

Longe da sua mecânica de confiança, a sua incrível viagem deve incluir, também, as precauções necessárias. Não exagere na maresia, na respingada das cachoeiras ou do clima das montanhas.

  • E muito mais!

Panos sujos na hora de limpar, lava a jato automático, objetos afiados… todos são grandes vilões do visual do automóvel. Se você sente que a pintura do seu Ford já se encontra muito danificada, não tem problema: a Caer tem o serviço de repintura sustentável à base de água! Seu carro merece uma segunda chance, e agora, você tem as dicas necessárias para manter a sua primeira – ou segunda – pintura. 😉